quarta-feira, 17 de julho de 2013

Adriano Nunes: "Os girassóis" - Para Caetano Veloso

"Os girassóis" - Para Caetano Veloso 



Abrigam-se, com graça, os girassóis
Entre tudo que se amalgama em nós:
Amarelo que não é cor, é voz,
Talo verde a ver que vingamos sós.

Dentro da métrica dos trololós,
Da pancada popcreta, a funda foz
Que nos transforma em pétala e não nos
Desbota, ante a Górgona feroz,

O Tempo, o que nos desfaz e constrói.
Alegram-se, com gosto, os girassóis
Sob a página azul e sob os pós-
Escritos do amor, grãs giros e sóis.

3 comentários:

Zuza Zapata disse...

Caetano é muito bom!
Serviu de inspiração para a realização das minhas músicas.
Abraços,
Zuza Zapata.
bitly.com/zuzazapataoficial

Zuza Zapata disse...

Caetano é muito bom!
Serviu de inspiração para a realização das minhas músicas.
Abraços,
Zuza Zapata.
bitly.com/zuzazapataoficial

ADRIANO NUNES disse...

Zuza,

Caetano é o máximo. Amo-o.



Abraço forte,
Adriano Nunes