segunda-feira, 21 de junho de 2010

Adriano Nunes: "Proeza" - Para José Mariano Filho

"Proeza" - Para José Mariano Filho


Para que
Alcançar
O mar, se
Para trás
Resta a areia?

Pra se ter
Tudo, não
É preciso
Dispensar
O querer

Mais que tudo?
Nessa vida,
Em um verso,
Noutro sonho...
Quem me busco?



Um comentário:

betina moraes disse...

adriano,

emblemáticos sentimentos...

poesia com questões indispensáveis!

bonito verso!

um beijo.