quarta-feira, 9 de junho de 2010

ADRIANO NUNES: "O sonho a solver" - Para Sandra Santos.

"O sonho a solver" - Para Sandra Santos.



Os sonhos? Não os tenho.
Tenho sono.
Tenho ócio.
Tenho tédio.
Quase vertigem,
Mas é sério:
O que é dormir?

Os sonhos? Não os sonho.
Tenho medo.
Tenho mágoas.
Tenho planos
Enterrados a sete palmos
Nas planícies da minh'alma.
Tenho náuseas.

Os sonhos? Não os conheço.
Tenho pensado
Pouco mesmo em
Tê-los. Nunca os vi.
Tenho sim em mim
Um desejo: Torná-los
Quem mais sou ou sê-los.






4 comentários:

betina moraes disse...

bela construção, sem lamentos, segue o lirismo norteando as direções de um poema.

bonito sonho de poeta sem sonhos.

um beijo.

gorettiguerreira disse...

Venho sempre visitar-te para encher-me com reflexões deixadas em seu belos poemas. Parabéns Adriano!
Bjs Goretti

Lara Amaral disse...

Nossa, perfeito, adotei para mim esse poema! =)

Abraço, Adriano!

sandra santos disse...

Nossa, Adriano!

só agora descubro esse poema...

grata, querido!

Sandra