domingo, 1 de novembro de 2009

ADRIANO NUNES: "Talvez, com versos"

"Talvez, com versos"



Nunca estou pronto
Pra a vida. Volto
Ao mesmo ponto,
Pasmo. Revolto,

Prendo-me a tudo,
A todo sonho.
- Ou só suponho
Quanto me iludo? -

Talvez, com versos,
Invente o amor,
- Seja o que for,

Serão só versos
Em mim imersos -
Com outra cor.




Um comentário:

Nydia Bonetti disse...

E quem está pronto pra vida? Os versos nos salvam. Que bom termos o refúgio da poesia...

Bonito demais, Adriano. Beijo