domingo, 8 de novembro de 2009

ADRIANO NUNES: "O tempo ausente"

"O tempo ausente"



Entre nós dois,
Porvir, presente,
Devir. Depois,
O tempo ausente.

Procuro, à-toa,
A vida agora,
Outra pessoa
Em mim, lá fora.

Vejo o desejo
Roer o sonho.
Não tenho nada...

Que mesmo almejo?
Assim me exponho,
Minh'alma é dada.




2 comentários:

Ana Tapadas disse...

A tua emotividade é linda.
beijo

betina moraes disse...

adriano,

quanta musicalidade, ritmo, ...

sentimento desencadeado,

lindo verso!

grande abraço, poeta!