segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Adriano Nunes: "O pequeno pardal" - Para Édith Piaf

"O pequeno pardal" - Para Édith Piaf


No prostíbulo, mal
Poderia pensar
Em planar, em pleno ar,
O pequeno pardal

De Paris. Da pobreza
Ao primeiro poema,
A promessa suprema
Dos palcos. Que proeza

Plástica do porvir!
Do pássaro à pessoa,
De quem vive a quem voa,

Do verso que servir
Ao que o coração soa,
À canção, mesmo à-toa.





Um comentário:

Nydia Bonetti disse...

há pequenos pássaros que alçam altos vôos...
bonito demais, adriano. bjo.