domingo, 27 de março de 2011

Adriano Nunes: "Reflexo submerso" - Para Eleonora Marino Duarte

"Reflexo submerso" - Para Eleonora Marino Duarte


Na garganta, o engasgo...
No quarto, o universo
Guardado, imerso...
Mas agora o rasgo

Na memória. Afago o
Sonho e me disperso
Num dever diverso:
Narciso no lago o-

Culto do ser, mágico
Naufrágio, perverso
Espelho-amor, trágico

Reflexo submerso
No flerte hemorrágico...
À verve de um verso.



5 comentários:

betina moraes disse...

belíssimo!!!!!


querido...


beijos.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Nossa Adrianao
que lindo gesto
que desapego

Betina é hemorrágica mesmo
detona nossas veias e artérias
e seu verso é coisa rara

carmen silvia presotto disse...

Um abraço Adriano, boa semana, e estar aqui te lendo sempre me alinha em versos, que lindo poema homenagem.

Carmen.

carmen silvia presotto disse...

Um abraço Adriano, boa semana, e estar aqui te lendo sempre me alinha em versos, que lindo poema homenagem.

Carmen.

Celso Mendes disse...

Muito belo. Homenagem à altura da homenageada....

Abraço!