quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

ADRIANO NUNES: "Roleta-russa"

Roleta-russa


Em casa,
A minha
Vontade
É só
Sair.


Lá fora,
O meu
Desejo
É mesmo

Sumir.


Mas onde
Então
Eu devo
Fincar
Os pés?



No céu
De Ícaro ou
No báratro

Infindo
Do íntimo?







4 comentários:

Bipede Implume disse...

Eu acho que deves voar como a tua poesia.
Um poeta está sempre além.
Grande braço.

Marcos disse...

usa a força da tua poesia pra te libertar e trazer à tona todas as tuas emoções... Mas não esqueça que também podes fazê-las felizes!

adrianna coelho disse...


não acredito muito em conselhos.
eu diria para vc fincar pé na poesia - assim eu leio! :)

Dona Sra. Urtigão disse...

Lindo, isso.