sábado, 3 de janeiro de 2009

ADRIANO NUNES: "Girassol" - Para a minha amada mãe.

GIRASSOL (Para a minha amada mãe)




É como se Deus houvesse
Arrancado o sol do céu


(Nunca apenas serão pétalas
Em nossos jardins poéticos)


E, de repente, cravado
Seus raios, num mastro verde,


Para deleite da Terra.
Para mim, mais que metáfora.





2 comentários:

Ana Tapadas disse...

Sensível e terno...tão bom ter uma mãe! também a tenho, embora convalescente de uma dolorosa cirurgia...
Boa semana!

Palavras de um mundo incerto disse...

Irmão, que belo poema para sua mãe.

É um prazer ter você como amigo e leitor.

Escrevi em meu blog um lindo texto para a minha mãe.

Tá aqui o link amigo:

http://palavrasdeummundoincerto.blogspot.com/2008/11/um-livro.html


Se não conseguir acessar, entre nos arquivos no mês de NOVEMBRO 2008.

Ah, já estou de volta a Poa.

Abraços e boa semana!!!


Marcos Seiter