quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Adriano Nunes: "Em verve e sorte"

"Em verve e sorte"

Noite sem norte.
Tudo se verte
Em verve e sorte.
Choramos ver-te
Em nós: um corte
No ser converte
O amor mais forte
Em foz. Solver-te
Em voz agora,
Grácil Helena,
Dá-nos desejo...
O Aqueu lá fora! -
Do alto, vejo-o
Entregue à pena.

Um comentário:

Ani Braga disse...


Seu blog é muito legal.
Tudo lindo e de muito bom gosto.
Se puder dá uma passadinha no meu e segue também se gostar.

Beijos
Ani

HTTP://cristalssp.blogspot.com.br